As diferenças entre proteção de dados e Segurança da Informação

7 de setembro de 2021
Adriano Martins Antonio

A segurança e a proteção dos dados estão fortemente interconectadas, mas não são a mesma coisa. Esse é um assunto que foi bastante comentado no meu bate-papo com Ismael Júnior, no podcast #27 do The Walking Tech e que gostaria de abordar mais neste artigo. 

Primeiramente, saber as diferenças entre uma e outra é importante para entender como ambas funcionam e o que cada uma significa para o seu negócio.

Aliás, conhecer essas diferenças é especialmente crucial para setores com leis de conformidade rígidas, como saúde, serviços jurídicos, finanças e biotecnologia. De qualquer forma, qualquer empresa que colete dados precisa saber o que é proteção de dados e Segurança da Informação.

Também deve ser observado que isso não atinge apenas o departamento de TI ou Conformidade, mas toda a organização, desde o departamento de Marketing e Vendas até o setor de Atendimento ao Cliente.

Então, bora conhecer essas diferenças!

O que é Segurança de Informação?

A Segurança de Informação é a ação de proteger os sistemas e ativos de informação (como computadores, servidores, dispositivos móveis, redes e sistemas eletrônicos etc.) de ameaças ou ataques cibernéticos. 

A Segurança Cibernética está incluída nesse contexto, e por isso, deve desempenhar um papel em vários níveis, desde a proteção da rede física e dos aplicativos até a educação do usuário final

Diante do crescente número de ataques a pessoas e empresas de todos os portes, esse tema tem se tornado cada vez mais importante, o que mostra a fragilidade dos ambientes virtuais com enormes redes de dados. 

É por esse motivo também que a Segurança Cibernética tornou-se um dos principais temas da agenda de líderes e executivos globais.

E para garantir que tudo corra bem na empresa, é necessário um conjunto de estratégias para agir em diferentes momentos da cadeia de valor para prevenir, monitorar e proteger empresas, organizações governamentais e cidadãos de ataques à Segurança Cibernética.

Leia também: Ameaças Cibernéticas – Conheça seus inimigos!

Qual é a diferença entre segurança e proteção de dados?

Para esclarecer a diferença entre Segurança da Informação e proteção de dados, é necessário lembrar que na verdade esses dois termos possuem conceitos semelhantes.

Em suma, a privacidade ou proteção de dados faz parte da segurança de dados e está relacionada ao tratamento adequado dos dados – como você os coleta, como os usa e como mantém a conformidade.

A segurança de dados trata de acesso e proteção de dados de usuários não autorizados por meio de diferentes formas de criptografia, gerenciamento de chaves e autenticação.

Por que é importante entender a diferença?

Com todos os aspectos legais agora em vigor para proteger a privacidade e os dados do consumidor, é fundamental que sua empresa compreenda as implicações de não considerar esses dois itens. 

Agora que sabemos o que eles realmente são, explico o que isso significa para você.

Como empresa, é sua responsabilidade manter seus dados seguros e, como resultado, isso também significa proteger os dados de seus funcionários, clientes, parceiros e quaisquer outros contatos seguros e protegidos. 

Quando são confundidas?

Em diversos setores das empresas, é muito comum confundir as duas áreas. Muitos pensam que estão seguindo corretamente os métodos de segurança de dados, mas na verdade, o seu foco está na privacidade de dados.

Garantindo a Segurança da Informação na sua empresa

Em uma era de contínuo avanço tecnológico, é extremamente importante entender como se proteger dos riscos que envolvem a Segurança Cibernética da organização.

Lembre-se que é importante tomar cuidado com todos os seus dados para evitar a ameaça dos chamados hackers e seus “sequestros de dados” ou ataques cibernéticos.

Dicas de Segurança da Informação para sua empresa

Aproveitando o assunto, vale dar algumas dicas para fortalecer a Segurança da Informação na sua organização.

Quanto mais investimento em Segurança Cibernética, menores são os riscos da sua empresa sofrer um ataque. 

Por outro lado, existem técnicas que podemos aplicar para garantir mais segurança ainda nos processos da sua empresa.

Estude a sua equipe

O primeiro passo para evitar qualquer tipo de ataque cibernético na sua empresa é deixar claro para seus funcionários que existe esse risco. Conscientização é tudo!

Grande parte das fraudes que ocorrem nesse sentido, são ocasionadas por algum erro cometido por funcionários no trabalho.

Você deve investir em treinamento para que sua equipe esteja ciente dos riscos e saiba como agir em um possível ataque.

Crie o hábito dos backups

Com o fim de manter sempre a segurança dos seus arquivos, é fundamental que se tenha o hábito de fazer backups.

Os backups são uma forma de manter todo o trabalho a salvo e garantir que a empresa não terá nenhuma perda de dados.

Use criptografias

A criptografia é uma ótima forma de manter a segurança na sua empresa. 

Com combinações e técnicas, você tem controle de quem acessa determinados conteúdos e com isso, pode mantê-los cada vez mais seguros.

Conclusão

Se por um lado, os avanços da tecnologia podem ajudar o seu negócio, por outro, infelizmente, esses avanços deixam a sua empresa mais exposta e vulnerável.

Você precisa se proteger e cuidar de seus ativos. Melhorar e investir continuamente na Segurança da Informação e gerenciar suas informações.

E por fim, lembre-se: cuidar da proteção de dados sensíveis não é apenas a única preocupação em relação à segurança que você precisa ter. A Segurança da Informação vai mais além, cuidando de toda a infraestrutura essencial do seu negócio.

Se você gostou desse artigo, divulgue com seu amiguinho! E acompanhe os próximos posts pelo nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine Minha Newsletter

Fique por dentro das novidades e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.